Revista A Granja


Tradicional e atual aos 71 anos de vida.
Reportagens e artigos técnicos de extrema relevância para o produtor e para o profissional do campo.

Vitrine

A SAÍDA DO BRASIL É O PORTO. PRINCIPALMENTE PARA O MILHO

E m um dos (muitos) momentos difíceis do Brasil nos últimos tempos alguém cunhou a desalentadora frase “a saída do Brasil é o aeroporto internacional”. Atualmente muitos devem estar com a mesma “tese”. Bem, deixando de lado o drama, a saída do Brasil e dos brasileiros tem sido o... porto! Sim, tente imaginar este País em um momento econômico tão difícil como este sem os US$ 88 bilhões que o agronegócio trouxe do exterior em 2015. Basta mencionar que o agro ampliou sua fatia nas exportações totais do País de 43% em 2014 para 46,2%. E uma participação meritória nesta ótima performance é a do milho, que em 2015 representou US$ 4,94 bilhões em vendas externas, 27,3% a mais que no ano anterior, fruto do embarque de algo como 35 milhões de toneladas. Na foto nesta página, embarque de milho no Porto de Paranaguá/PR. O que isso quer dizer? Que a segunda safra de milho de 2016 promete muito. Até porque o consumo interno de aves e suínos também é animador. E esse é o assunto da nossa reportagem de capa.

Porém, a edição vai além do momento presente favorável. Mostra que tudo podia ser muito maior e melhor, ou algo como quatro vezes e meia “maior e melhor”. É o que afirma o colunista d’A Granja Alysson Paolinelli, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), na seção O Segredo de Quem Faz. Ele garante: o Brasil poderia produzir 380 milhões de toneladas de milho, muito mais que as atuais 80 milhões. O mundo, sim, demandaria tal volume, garante o ex-ministro da Agricultura, uma das maiores autoridades nesse segmento no Brasil e no mundo. Mas o que falta para o Brasil atingir tal produção? Nosso entrevistado e colunista esclarece.

O milho ainda é contemplado com um artigo sobre a adubação foliar com micronutrientes e outro sobre as lagartas. Mas os assuntos desta edição vão muito além, com destaque para os drones (aqui na revista, em breve na sua lavoura), os efeitos por aqui do novo governo argentino e muito, mas muito mais.

Boa segunda safra! Boa leitura!

A Granja

• SP: Praça da República, 473 - conjunto 102 - São Paulo/SP - CEP 01045-001 Fone: (11) 3331-0488

• RS: Av. Getúlio Vargas. 1526 - Porto Alegre/RS CEP 90150-004 Fone: (51) 3233-1822